segunda-feira, 18 de abril de 2016

Novo amor.


Um novo amor chegou
Não era hora
Não era certo
Chegar justamente agora.


Meu coração ainda tão dolorido
Do amor que antes perdi
Ainda não estou no meu melhor
Que quero te dar
Que quero te mostrar.


Enquanto isso seja você
Meu melhor amigo,
Meu melhor abrigo
Das noites que me assustam
Da solidão que me acompanha
Do meu medo da vida,
Mais que da morte.


Que seja lançada nossa sorte
Que nosso abraço seja laço
De delicadeza e desejo
De um amor semeado
E colhido em flores
Coloridas anunciando nova estação
Tempos de renascimento do coração.


(Mariana L. de Almeida)



Nenhum comentário:

Postar um comentário