segunda-feira, 9 de maio de 2016

Meu pai.

Hoje vi meu pai chorar, se emocionou ao conhecer meu futuro lar, é um apartamento pequeno, mas charmoso e aconchegante. Ainda falta muita mão de obra e reformas, compra de móveis, luminárias, chuveiro, armários e preenchê-lo com muitas histórias. Mas calor humano não há de faltar, a começar pela primeira lágrima do lar, lágrima do meu pai que veio me abençoar.
Te amo meu pai, obrigada por tudo.




(Mariana L. de Almeida).

Nenhum comentário:

Postar um comentário