quinta-feira, 16 de junho de 2016

Saudade.

                                                                                    (Para Gianfranco Lacaria)


Essa saudade ainda aqui mora
Essa saudade insiste e chora
Essa saudade não vai embora
Me visita nas piores horas
Enquanto uma música toca
Enquanto um café eu tomo
Enquanto leio outras histórias
Essa saudade não vai embora
Ameaça, mas sempre volta!
Aconteça o que acontecer
Você sempre será na minha vida
A saudade que eu gosto de ter.

Com amor,
(Mariana L. de Almeida)




Nenhum comentário:

Postar um comentário