terça-feira, 6 de setembro de 2016

Poexista!


Enfrente a vida
Com poesia
De noite e de dia
Na veia e nas vias
E se preciso for
Com sangue e fúria
Resista
Até onde seja possível
Enfrente
Com armas e lírios
E mate a tiros
A sede e o delírio
Até quando a poesia
Irrompendo de alegria
Refaça nossos novos dias.

(Mariana de Almeida)

Nenhum comentário:

Postar um comentário