sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

A paixão.

Amar o que não se conhece é fácil
Sempre acontece comigo
Me apaixono pelo que não tenho
Ardo pelo que eu desejo
Atravesso todo o fogo
E quando me queimo
É puro incêndio!
Apitam alarmes e sirenes
E toda paixão me cega
Tal fumaça que exala
Cianeto e gás carbônico que mata.



Nenhum comentário:

Postar um comentário