sábado, 29 de abril de 2017

Greve Geral.

A vida
Ora aguda, ora grave
As vezes faz greve
Ora de fome, ora de sexo
Ora de sangue
Se preciso for!
Lute pela vida
Que merece ser vivida!

(Mariana de Almeida).

Nenhum comentário:

Postar um comentário