sábado, 29 de abril de 2017

Nosso lembrança do passado
Morreu ao sonho do futuro;
Nosso jardim floresceu
Em meio a secura do sertão;
Nosso coração bateu de novo
Desfibrilador do amor
Quem nos ressuscitou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário